O Sexto sentido!!



Alguns anos atrás vi um filme surpreendente chamado O Sexto sentido. Um menino parecia estar sofrendo de um transtorno mental. Mas seus problemas tinham origem no fato de que ele via fantasmas. Mas os fantasmas que ele via não sabiam que eram fantasmas. Não sabiam que estavam mortos. Um psicólogo infantil tenta ajudar o menino, mas esse psicólogo não percebe que ele também está morto. Uma das cenas mais impactantes no filme é quando o garotinho olha para o psicólogo e diz: “Eu vejo gente morta!”


Cada vez mais na literatura, cinema, youtube... cresce uma fascinação mórbida pela morte, pessoas morrendo, mortos... Zumbis! Zumbis são criaturas (fictícias), homens mortos que são reanimados, andam, devoram... apesar de estarem mortos...

Apesar de não crermos em zumbis, vemos um mundo cheio de mortos vivos. Vivem ao nosso redor, entre nós, se casam, tem filhos, amam, lutam, odeiam, tiram férias, frequentam igreja... estamos literalmente cercados por mortos vivos.

Nós não somente estávamos entre eles, como de fato éramos um deles. Paulo diz: “E vos vivificou, estando vós mortos em delitos e pecados” Efésios 2.1 – A palavra usada significa literalmente cadáver. Paulo está dizendo que cada membro da igreja em Éfeso antes eram completamente desprovidos de vida espiritual. Ele está dizendo que pecadores perdidos são completamente incapazes e também indispostos de chegar a Deus por iniciativa própria.

Todos nós sabemos o que morte significa. Uma pessoa morta é incapaz de responder a qualquer estímulo. Quando a pessoa morre seu corpo é reduzido a um vazio infinito, todo estímulo é fútil, não há capacidade de ouvir, falar, pensar... Os toques que antes tanto emocionavam já não produz nada, as vozes familiares ao ouvido caem agora num mundo de silêncio impenetrável. O corpo que foi cheio de vida agora não passa de uma concha vazia. Todas as famílias da terra já tiveram experiência com a morte, cada cidade tem cemitérios cheios de tristeza todos os dias...


Um homem morto perdeu toda a capacidade de responder ao mundo físico, e essa é a ilustração perfeita colocada por Paulo sobre os homens que não foram regenerados.


A morte é o oposto da vida. Cristo em João 17.3 diz: “E a vida eterna é essa: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro...”. João repete a mesma verdade: “Aquele que tem o Filho tem a vida, e quem não tem o Filho de Deus não tem vida” – 1 João 5.12. O homem natural está morto. Ele vive, se move, ri, busca prazer... mas estão mortos enquanto vivem. Não estão mortos para o mundo, mas estão mortos para Deus. Ele não está num estado de enfermidade mas que ainda sobra alguma vida que o deixe capaz de alguma reação em direção a Deus. Ele está morto.


Infelizmente grande parte da “igreja” de nossos dias acredita, contrariando todo o ensino bíblico,  que os perdidos tem uma capacidade de aproximação de Deus se desejarem, e em seus próprios termos, e quando bem entenderem... Mas os fatos são bem diferentes. Estão mortos. São incapazes de se achegar a Deus, se alguém tiver que ser salvo, Deus terá que soberanamente fazê-lo. É isso que Cristo ensinou em João 6.44: “ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer”. O homem precisa de uma ressurreição para vir a Cristo, e isso amigo, é uma obra inteiramente de Deus.


É por isso que as coisas espirituais não significam nada para o homem natural. É por isso que as coisas que agitam o coração regenerado nunca agita o coração do homem natural. Ele está morto. É por isso que ouvem o evangelho e  estão insensíveis as coisas de Deus. Quando Adão pecou, seus filhos morreram com ele: “Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram” – Romanos 5.12

O homem regenerado não ouviu apenas a proclamação geral do evangelho. Ele ouviu um chamado específico, pessoal e eficaz: “Lázaro, sai para fora!” João 11.43

E vos vivificou, estando vós mortos em delitos e pecados” – Efésios 2.1

Como o menininho do filme eu posso dizer todos os dias:  Eu vejo gente morta!




0 comentários:

Postar um comentário

 

Adoração!

Flickr Photostream

Sermões!

C. H. Spurgeon