Como ouvir e como não ouvir sermões.




John Newton (1725-1807) escreveu uma carta brilhante sobre como lucrar com sermões. Primeiro Newton explica como se deve ouvir sermões:


“Como ouvinte, você tem o direito de testar todas as doutrinas ensinadas através  da palavra de Deus, e é o seu dever fazer.

Ministros fiéis irão sempre lembrá-los disso: eles não vão querer segurar você em uma obediência cega para o que eles dizem baseados em sua própria autoridade, nem desejarão que vocês os sigam mais longe do que as Escrituras delimitam. Eles não são senhores sobre suas consciências, mas auxiliares de sua alegria. Essa é uma benção, a liberdade do Evangelho, que liberta você de doutrinas e mandamentos de homens, mas não abuse para os fins de orgulho e de ego.”


Em seguida, Newton explica como não ouvir sermões:


“Há ouvintes que fazem de si mesmos, e não da Escritura, o padrão de seu julgamento. O que eles gostam ou não gostam. O que se encaixa na vida e comodidade deles ou não...

E muitos participam, não tanto para ser instruído, mas como um juiz, esperando só o momento para dar sua sentença sobre o que ouviu. Para eles, o púlpito é simplesmente uma plataforma em que o ministro está ali para se submeter ao julgamento deles, uma atitude de censura que poucos escapam, estão ali como juízes e não como ovelhas para serem alimentadas. Juízes inconsistentes em seu ego governante.”


Excelente equilíbrio.


1 comentários:

  1. Dicas maravilhosas e necessárias! Posso transcrever este texto e compartilhá-lo com todos os meus amigos do Face e meus alunos? Grande abraço!

    ResponderExcluir

 

Adoração!

Flickr Photostream

Sermões!

C. H. Spurgeon