O único fator em qualquer decisão ética é o amor?




Anos atrás, quando a assim chamada "nova moralidade" estava no pico de sua popularidade, muitos teólogos se encontraram para discuti-la. A maioria estava a favor, assim a discussão se concentrou no valor de ser livre de quaisquer regras e regulamentos. "Mas precisa haver algumas orientações", alguém disse. Isso foi discutido.



Ao final, foi decidido que a única orientação aceitável era o amor. Tudo o que fluísse do amor era permitido. Tudo era permitido desde que não ferisse ninguém. Enquanto a discussão estava seguindo nesses termos, um velho pastor, que tinha sido convidado para a discussão e estava na sala, ficou muito quieto. Com o tempo, as pessoas perceberam. Os outros se viraram para ele e perguntaram o que ele pensava. "Você concorda que o único fator limitador em qualquer decisão ética é o amor?", perguntaram-lhe.



E ele respondeu: "Se me amardes, guardareis os meus mandamentos" (João 14.15).

0 comentários:

Postar um comentário

 

Adoração!

Flickr Photostream

Sermões!

C. H. Spurgeon